Sobre

Isto não é um release,
ou,
Conversa de maluco

O site (www.agenciatomica.com.br) foi criado em fevereiro de 2013, logo depois que o autor ficou desempregado. Com dinheiro no bolso e tempo livre, foi possível dar inicio a um projeto que já estava em gestação na minha mente ociosa há pelo menos um ano. “Tinha alguma coisa escrita, mas ainda não tinha colocado nada no ar”, lembro-me.
“É uma espécie de Telaclass nos quadrinhos”, digo para quem me pergunta do que é o meu blog. Quem entende essa referência geralmente tem idade e formação capazes de entender os posts. “Se bem que nem sempre é assim”, pondero o autor.

     O site já existia, mas houve um problema técnico e tudo foi perdido. Esse é o barraco provisório até a gente se mudar para uma casa da gente! Como as pessoas geralmente ainda não viram tudo, nesse novo formato procurei dar outro sentido à navegação – por tags e por categorias – ao invés da cronologia. Há quem diga que isso é desculpa pra quem não quer postar nada de novo. A essas pessoas o signatário contesta com uma publicação ou outra de tempos em tempos.

Quem faz é um jornalista de Curitiba que lia HQs Marvel/DC nos anos 80, 90 e nunca pôde desenhar (há um história de um sargento que quebrou seu punho com uma coronhada de espingarda no exército, mas não foi confirmada). De modo que restou-lhe apenas escrever diálogos toscos para resignificar situações de alguns personagens clássicos e outros nem tanto dos gibis. (achei forte esse ‘resignificar’, tirar na versão final)
Tem uma pergunta de corte quando indagam se vão gostar da atômica: “Você sabe qual é o poder da mutante Cristal?”
Se você souber que ela controla o magnetismo, é bem provável que goste desse tipo de humor, ou pelo menos ache o negócio bem feitinho; ou inofensivo, ou pelo menos bem-hospedado na rede mundial de computadores.
Outra coisa, se você não é místico ou não acredita em algo superior, harmonia cósmica ressonância kármica e outros, isso aqui não é para você. As iniciais do autor, André Amorim, são as mesmas da Agência Atômica, como manda o VII Ensinamento da Numerologia Quântica. Se você leu até aqui, sinceramente, estou chocado. Obrigadis, volte sempre !

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>